Araguaína alerta para grande número de jovens infectados pela covid-19

Dos 98 casos infectados pelo novo coronavírus na cidade, 53 são jovens abaixo de 40 anos de idade. Quantidade representa mais de 51,94% dos contaminados

Após levantamento realizado dos casos confirmados de covid-19 em Araguaína até este sábado, 2, a Prefeitura alerta para o grande número de jovens infectados pela doença. Dos 98 testes positivos na cidade, 53 são de pessoas com menos de 40 anos. O que representa 51,94% dos infectados. Os números ainda revelam que 40 desses jovens infectados têm menos de 29 anos.

“Isso mostra dois pontos a observar: que a maioria dos os idosos está fazendo a parte dela e que o maior contágio está entre os jovens”, analisou a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Abadia.

Os números analisados ainda mostraram que quase 90% dos casos em Araguaína são em pessoas com menos de 60 anos, 91 casos no total. “Isso preocupa porque essas pessoas geralmente têm pessoas com doenças crônicas ou idosos em suas casas e podem levar a doença para o grupo de risco”, alertou a secretária, acrescentando ainda que entre os casos confirmados está uma jovem de 22 anos que segue internada.

Contágio crescente
Até o dia 28 de abril, Araguaína tinha 46 pessoas contaminadas, dessas 26 eram jovens entre 10 e 39 anos. Desses, 12 tinham idade entre 20 e 29 anos e quatro menos de 20 anos. Apenas três idosos estavam contaminados.

De 29 de abril a 1º de maio, 16 das 29 pessoas infectadas neste período tinham menos de 40 anos e os casos totais foram para 75. Oito desses jovens tinham entre 20 e 29 anos e seis menos de 20 anos, ou seja, 50% dos infectados em quatro dias. Somente dois casos eram de idosos.

Neste sábado, 2, quando foi informado o último boletim de casos da cidade, com 23 casos a mais, 11 eram jovens com menos de 40 anos, sendo 10 com menos de 29 anos. Foram registrados apenas dois casos em pessoas acima de 60 anos. Com esses, Araguaína chega a 98 casos confirmados e nove recuperados.

Restrições
As festas em chácaras e residências envolvendo jovens tiveram registros crescentes de denúncias em Araguaína. Como medida mais rígida para contenção do avanço da covid-19 entre esse público, o prefeito Ronaldo Dimas tornou proibido o consumo de bebida alcoólica por meio do Decreto Municipal nº 222, de 28 de abril.

Ainda segundo o decreto, aglomerações com mais de oito pessoas ficaram proibidas, excluídos os moradores, em qualquer propriedade.

Consciência coletiva
O superintendente da Vigilância em Saúde do Município, Eduardo Freitas, esclarece que todos devem ter atenção à nova doença.  “Ela não fica restrita aos idosos. Jovens também precisam ser cuidados, mesmo que achem que não serão atingidos”, afirmou.

Fonte: Thatiane Cunha | Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Assinar!

Blog

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons