Infectologista dá dicas para quem precisa sair para trabalhar em tempos de pandemia

Cuidados adequados podem proteger o trabalhador e sua família da contaminação pelo coronavírus

Permanecer de máscara, evitar tocar nas superfícies e, caso ocorra, não tocar no rosto até que possa higienizar as mãos, são as principais recomendações da médica

 
Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a recomendação dos organismos globais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), é para que as pessoas fiquem casa. A medida serve para diminuir a velocidade de propagação do vírus, no entanto, nem todos os trabalhos podem ser desenvolvidos em home office, como é o caso dos profissionais da Saúde, policiais, fiscais, garis, entre outros.

A infectologista Rosângela Ribeiro dá dicas para evitar a propagação da doença no ambiente de trabalho e também para que os profissionais não acabem infectando seus familiares ao retornar para casa.

Ao sair
A primeira recomendação deve ser seguida já no momento de sair de casa, seja para o trabalho ou para uma saída inevitável, como a ida ao mercado ou farmácia: levar máscara de tecido e álcool em gel. Os itens são indispensáveis a cada saída. Durante o cumprimento do expediente de trabalho, a máscara deve ser trocada a cada duas horas ou menos, caso fique úmida.

Se possível, prenda o cabelo e evite acessórios como anéis, pulseiras, brincos e colares.

No trabalho
Superfícies de trabalho e objetos como telefones e teclados devem ser higienizados regularmente. Recomenda-se o afastamento de um metro e meio entre as pessoas.

“Além disso, é recomendado permanecer de máscara, evitar tocar nas superfícies e no rosto, lavar as mãos com frequência ou usar álcool em gel”, explicou.

Ao chegar em casa
“Os sapatos devem ser deixados do lado de fora. Evite tocar nas superfícies e pessoas e tome banho imediatamente”, orientou a médica. As roupas usadas devem ser colocadas no cesto de roupa suja.
Outra dica é tentar manter o distanciamento e, se houver pessoas do grupo de risco em casa e não for possível o distanciamento, usar máscara em casa também.

Todos os acessórios como carteira, bolsa, óculos, chaves e celular precisam ser higienizados com álcool a 70%.

Fonte: Mara Santos / Fotos: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Assinar!

Blog

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons