ALETO (pelega & vendida), VOTA CONTRA O POVO!…PRIVATIZAÇÃO É CONTRA VOCÊ

Assembleia Legislativa do Tocantins dá Presente de Grego ao Povo Tocantinense: Pacote de Maldade contra o Povo!

O plenário da Casa aprovou ontem ( 24) a prejudicial venda de ações da Celtins; também a concessão de Rodovias e mudanças que atacam direitos no Igeprev.

No meio de uma crise sanitária de proporção sem igual, “passaram a boiada” em nossos direitos, aprovaram retrocessos sem debater amplamente com a população ( que vai pagar mais caro), sem consultar os sindicatos e pensadores, tudo costurado sem nenhum respeito ao contribuinte, cidadão e cidadã tocantinense à toque de caixa.

Para ter uma ideia, tratam-se de Projetos de lei e Medidas Provisórias (MPs) sobre a estrutura do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev-TO), a concessão de Rodovias ao lucro da iniciativa privada.Foi aprovada também a MP que autoriza o Executivo a conceder à iniciativa privada sete trechos de rodovias estaduais. São eles: os que ligam Palmas a Porto Nacional; Palmas a Miracema e Miranorte; Palmas a Taquaruçu e Santa Tereza; Palmas a Paraíso; Araguaína a Filadélfia; o entroncamento da TO-455 com a TO-255 e a TO-080; e o entroncamento da TO-355 com a TO-010, por Colinas do Tocantins. Também foi autorizada a travessia da Ilha do Bananal.

Na realidade, estamos no meio de uma calamidade pública decorrente da pandemia do novo coronavírus, e ainda vemos a Assembleia aprovar medidas contra o povo.

Eles vão tornar a vida dos trabalhadores e trabalhadoras ainda mais difícil, por exemplo, quando se privatiza as Rodovias significa que vão cobrar pedágio ( de entrada e de saída) de quem for viajar, visitar amigos e parentes, trabalhar fora. A questão da carestia no preço da alimentação também é um fator preocupante, já que com a privatização todo o alimento que vier de fora ficará mais caro.

Leia Mais…

Outro absurdo aceito e aprovado pela Casa foi a venda das ações que o Governo do Estado ainda possuía na Energisa, antiga Celtins. É de conhecimento publico, todos sabem o péssimo serviço que a Energisa nos presta: altíssimo custo para o consumidor e precarização do atendimento e trabalho prestado. Ou seja, o cenário é de preço alto, trabalho ruim e insuficiente. Tudo isso aprovado, pelos que deveriam defender o interesse da população. É lamentávelmente o efeito Bolsonaro na veia da Assembléia.

São muitos os pontos que desprezam a vida real do Tocantinense. Por isso, nosso repudio à privatização e aos deputados que se prestaram a isso.

O momento é de diminuir o custo de vida, facilitar ao máximo que as pessoas tenham acesso ao básico com dignidade, a crise econômica é enorme, ninguém está em condição de enriquecer empresa privada em detrimento da valorização do serviço público de qualidade para todos.

Privatização NÃO é solução. É agravamento de injustiça social.

Fonte: Ascom/CM

Categorias

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Assinar!

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons