ENTREVISTA: Desmatamento zero é uma das plataformas de reinvidicações do deputado federal Célio Moura

“O Brasil é o país que mais matou ambientalistas no mundo   todo na última década,  explodiu o número de conflitos desde a entrada do Bolsonaro no governo, e junto com a explosão dos índices de desmatamento, que está sendo julgado no Tribunal Penal Internacional por genocídio, foi questionado por grandes investidores internacionais que administram cerca de 4 trilhões de dólares e também por grandes empresas que atuam no país pela devastação ecológica. E os investidores e os empresários foram tratados pela forma Bolsonaro de governar: com cinismo, mentiras explícitas e gritantes, indisfarçadas, e mensagens dirigidas à sua base de apoio, que é o que importa para o governo”

O que o senhor pretende realizar em nível de Basíl neste momento de crise que assola as comunidades no país? Realizar as ações que REALMENTE permitirão não só zerar o desmatamento mas REVERTER, isto é, RECUPERAR as áreas de floresta devastadas, restaurando a biodiversidade e remediando os danos ambientais tão perniciosos à Humanidade, como a poluição atmosférica, da Água e do Sagrado Solo, dos quais dependemos para a Vida, eis que somos constituídos dos elementos da Terra.

Quais são os males que aquecem o nosso clima? Males como o aquecimento global, o derretimento das geleiras, glaciais e calotas Ártica e Antártica, desertificação, elevação das águas oceânicas e principalmente um dano irreversível, o da extinção de espécies vegetais e animais, causam uma tragédia mundial…

Como o senhor ver a biodiversidade no Brasil?Para colocar em contexto a nossa proposta, iniciamos com algumas obviedades pertinentes; o Brasil  é o ÚNICO País que tem preservado a maior parcela de nossos inúmeros e riquíssimos biomas, como a Floresta Amazônica, a Mata Atlântica, o Cerrado, o Pantanal e o Semi-Árido, dentre outros, que possuem uma biodiversidade inigualável, inveja das demais nações, que destruíram suas riquezas naturais e agora ambicionam as nossas.

Quais são as maiores riquezas do País?Temos, em nome da nossa Soberania e da União do nosso tão diversificado País, outra riqueza que o torna inigualável, combater não somente o desmatamento e outras agressões à Natureza, mas quaisquer tentativas de retalhar a Nossa Nação, sob o pretexto de “internacionalização da Amazônia”, exatamente por quem não soube preservar as suas florestas… A nossa maior riqueza é o trabalhador.

E o que pensam os grandes empresários brasileiros  na sua visão?Na realidade, o que estes países e interesses econômicos querem é se apropriar das nossas riquezas não só da biodiversidade mas também do nosso subsolo, dos corpos aquáticos como rios, lagos, manguezais, águas oceânicas tão piscosas etc. detentores das maiores e mais ricas reservas de minerais, desde os combustíveis fósseis até os elementos mais essenciais às indústrias, da biodiversidade aquática, numa ganância suicida, que visa usar recursos naturais não renováveis até à sua exaustão, com consequências gravíssimas, como o aumento irreversível dos gases de efeito estufa e outros males, que resultarão no fim da Espécie Humana, que não sobreviverá à falta de alimentos, água potável e ar respirável, catástrofes das quais a Humanidade sofre cada vez mais.

Como solucionar? Como parlamentar no Congresso Nacional, representante na Câmara dos Deputados de um Estado dos mais simbólicos da disputa entre a exploração desenfreada e a preservação do Meio Ambiente, o caçula da Federação, o nosso Amado Tocantins, temos não só o Direito, a Capacidade e a Condição de propor e implementar as Leis que reverterão tal situação, mas o Dever, como Cidadão, Deputado Federal e Brasileiro de o fazer. Dentre elas incluem-se Leis para fomentar o uso racional, sustentável e pró Natureza das atividades agrícolas, como o uso de fertilizantes e pesticidas não poluentes, a policultura, em que espécies vegetais e mesmo animais são cultivadas e criadas simbioticamente, ao invés das monoculturas, que provocam o empobrecimento do solo e o surgimento de espécies daninhas cada vez mais incontroláveis.

O senhor é o deputado que mais visita as bases, as comunidades no interior do Tocantins. O que tens a promover em prol do social e econômico?Criamos a Lei Assisd Carvalho, da Agricultura Familiar,Promovemos  a agricultura familiar e comunitária, a reforma agrária, mas focada na recuperação de áreas degradadas, evitando a ocupação de áreas ainda preservadas, dando todo apoio científico e tecnológico voltado ao campo, no qual o Brasil é o país líder, com instituições algumas centenárias, como o afamado Instituto Agronômico de Campinas (IAC), fundado por D. Pedro II, à época do Brasil Império, como o Patrimônio inigualável que é a EMBRAPA, Empresa BRASILEIRA de Pesquisas Agropecuárias, na vanguarda do desenvolvimento de um setor tão crucial a toda Humanidade.

E quais são as outras ações em foco? Outras ações a serem objeto de Leis criadas fomentam a recuperação das áreas desmatadas, com o reflorestamento por meio do plantio de espécies nativas de cada bioma, usando as espécies de interesse extrativista sustentável, não só para produção de alimentos, mas também de fármacos naturais, matérias primas de uso industrial, produção de flores e orquídeas tão valorizadas, matrizes para ajardinamento etc., fazendo com que o nosso Planeta se torne o Jardím do Éden idealizado. Tudo isto é possível, com a União Fraterna de toda a Humanidade, de mãos dadas no Propósito de construir um Tocantins Melhor, um Brasil Melhor e Um Mundo Melhor para Nós e Nossos descendentes, onde vivamos sob a égide da Luz, da Paz e do Amor, fazendo o Bem para Nós e para os Nossos Irmãos, em Harmonia Plena, de acordo com as Leis Universais!

Fonte: Nilo AlvesPlantão JPA  

Foto: Tião Noleto  Villanova

Posts recentes

Categorias

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Assinar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons