Jovens do coletivo “Unidos Por Um Mundo Melhor” buscam apoio da Defensoria Pública

Representantes desse movimento foram recebidos pelo defensor público-geral no Tocantins, Fábio Monteiro dos Santos

O coletivo Unidos Por Um Mundo Melhor (UPMM) em Palmas atua para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade na Capital e se descreve como “jovens da periferia trabalhando pela periferia”. Representantes desse movimento foram recebidos pelo defensor público-geral no Tocantins, Fábio Monteiro dos Santos, na sede da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO). Entre os assuntos debatidos esteve a busca de apoio da Instituição em ações sociais e para organização do Coletivo como pessoa jurídica.

Juliana Albuquerque, Larissa Chianca e Lucas Moura representaram o UPMM na reunião, realizada na tarde desta quarta-feira, 14, no Gabinete da Administração Superior. Juliana falou sobre os projetos e ações do Coletivo e solicitou parceria da Defensoria Pública para divulgação das ações com o público interno da Instituição.

Por sua vez, Fábio Monteiro apresentou as ações da Defensoria Pública que vão além da assistência jurídica, a exemplo do programa “Defensores na Comunidade”, que com o apoio de parceiros, leva serviços jurídicos e também de cidadania e lazer a comunidades com perfil de assistida da Instituição.

Na oportunidade, o Defensor Público-Geral explicou, ainda, a importância do Coletivo se organizar como entidade, o que viabilizará a formação de parcerias com diversas instituições e/ou empresas que poderão auxiliar nas ações sociais que o grupo realiza. Para isso, Fábio Monteiro informou que encaminhará a demanda de constituição de uma pessoa jurídica do Coletivo para um defensor público analisar a possibilidade de atuação da Defensoria no caso. A análise será conforme os termos da Resolução 170/2018, que define os parâmetros para atendimento na DPE-TO.

Fábio Monteiro destacou a importância da organização dos jovens para a coletividade e disse que a Defensoria Pública tem interesse em estar próxima de Coletivos e outros grupos que tenham, assim como a DPE-TO, o interesse e engajamento para atuar pelas pessoas que precisam de acesso jurídico e de todos os seus direitos fundamentais. A reunião contou com a presença da chefe de Gabinete da Administração Superior da Defensoria, Débora Cristina.

UPMM

O “Unidos Por um Mundo Melhor” é um projeto social e cultural e conforme seus representantes, o grupo não tem vínculo político, nem religioso. De forma voluntária e por meio de parcerias, o grupo atende, atualmente, 1,4 mil crianças, 600 famílias, e sete comunidades fornecendo roupas, calçados, alimentos e atuando, por meio de ações, para que mais pessoas sejam inseridas no mercado de trabalho.

“Ecos da Juventude” e “Cultura MP”, realizado em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE-TO) nas escolas públicas, são projetos do UPMM na área cultural a fim de oportunizar expressão aos jovens. “Levamos oficinas de rua como dança, música, rima, fanzine, poesia, arte circense, entre outras ações”, explicou Julia Albuquerque.  De acordo com ela, qualquer pessoa pode ajudar o Coletivo sendo voluntária ou doando itens de campanhas de arrecadação….( Ascom DPE-TO)

Conheça o coletivo Unidos Por Um Mundo Melhor (UPMM) em Palmas nas redes sociais

Facebook: upmmpalmas

Instagram: upmmpalmas08

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons