Araguaína realizará 1° Festival de Pião neste sábado

Marceneiro por herança, Francisco Costa, de 65 anos, não fazia o brinquedo há anos e voltou a fazer agora a pedido da Secretaria da Cultura, para disponibilizar alguns no evento

O Eco Parque Cimba Benedito Vicente Ferreira recebe neste sábado, a partir das 16 horas, o 1° Festival de Pião de Araguaína. Promovido pela Prefeitura de Araguaína, a participação é gratuita e aberta para todas as idades. Os interessados devem se inscrever até minutos antes do evento, apresentando qualquer documento de identificação com foto.

O comerciante Alexandre da Silva, de 38 anos, e o filho Blenner, de 17 anos, já garantiram a participação no evento e estão treinando para as disputas. “O pessoal perdeu muito essa cultura, que é uma brincadeira sadia. Mas eu brinco até hoje, é igual andar de bicicleta, a gente nunca esquece”, contou o pai.

Blenner já participou de outros campeonatos e diz ter boa expectativa para o evento no Parque Cimba. “Eu tenho vários tipos de pião, inclusive um profissional, de acrílico, que é próprio para fazer manobras. Eu usava mais ele quando morava em Anápolis, há uns sete anos, e desde que ouvi do campeonato em Araguaína voltei a trainar com ele”, relatou.

Oficio ainda vivo
Marceneiro por herança, Francisco Costa, de 65 anos, nem se lembra mais quando aprendeu a fazer pião. A única lembrança foi de usar um facão, uma das ferramentas que o pai usava no ofício. Em Araguaína há 40 anos, hoje ele usa uma máquina de tornearia para recortar a madeira e dar corpo ao pião em poucos minutos.

“Primeiro eu bato o prego em uma madeira boa. Era comum antigamente usarem a Goiabeira, mas eu uso o Amarelão. E ainda eu moldo a ponteira e vou torneando. Passo cera e testo para ver se está bom para jogar”, explicou sobre o processo de criar um pião. Ele afirma que não fazia o brinquedo há anos e voltou a fazer agora a pedido da Secretaria da Cultura, para disponibilizar alguns no evento.

Onde comprar
Em Araguaína é possível encontrar o pião em vários locais. Além da marcenaria de Francisco, que fica na Rua 2, nº 2.500, no setor Nova Araguaína, onde é vendido por R$ 10, também está disponível em algumas lojas do Mercadão Municipal, com preços a partir de R$ 2.

Resgatando raízes
O evento faz parte do Projeto “O Mundo Lúdico do Parque Cimba”, que teve início em setembro, com o 1º Festival de Pipa, e seguirá até junho de 2020. O objetivo é explorar o potencial do parque como ponto de eventos culturais e educativos, estimulando o convívio social e o fortalecimento de vínculos familiares por meio do resgate das brincadeiras populares.

Festival de Pião
As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas no setor administrativo do Parque Cimba, localizado próximo ao estacionamento, ou até minutos antes do início da competição.

O campeonato será realizado em três categorias: infantil (4 a 9 anos), juvenil (10 a 17 anos) e adulta (a partir de 18 anos). As disputas serão em duas modalidades: Pião ao círculo (subdividida nas três categorias) e Manobras no ar (mista).

Haverá troféus para os cinco primeiros colocados em cada modalidade e categoria.

Contatos para imprensa
Francisco Costa, atende pelo apelido “Segundo”: 99222-2923
Blenner da Silva: 99108-5173

“Primeiro eu bato o prego em uma madeira boa. Era comum antigamente usarem a Goiabeira, mas eu uso o Amarelão. E ainda eu moldo a ponteira e vou torneando. Passo cera e testo para ver se está bom para jogar”, explicou Francisco

Fonte: Marcelo Martin / Fotos: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons