1º Desafio Brasileiro de Canoagem vai até domingo em Araguaína

Evento reúne atletas olímpicos do Brasil e de Cuba e é o primeiro da Região Norte, colocando a cidade no mapa da canoagem. Devem participar mais de 50 competidores em cinco categorias

Os treinos livres para a disputa do fim de semana iniciaram nesta sexta-feira, 29. A abertura oficial será neste sábado, às 14 horas, na Via Lago

Os mais de 50 atletas que vão participar do 1º Desafio Brasileiro de Canoagem de Velocidade em Araguaína já estão treinando no Lago Azul. Os treinos livres iniciaram nesta sexta-feira, 29, e até o final do dia vários competidores testarão as raias em aquecimento para as provas do fim de semana. A abertura oficial será neste sábado, às 14 horas, na Via Lago, logo antes da primeira prova.

Nesta sexta-feira, pela manhã, alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que disputarão na categoria Paracanoagem Masculino (K1), fizeram o treino livre. Paulo Silva, 25 anos, e Júlio Araujo, 23 anos, ganharam a oportunidade de participar do desafio por demonstrar talento nas clínicas de canoagem realizadas durante esta semana.

“Foi a primeira vez que remei, é fácil. Não é força, é jeito. Tem que ter equilíbrio e o movimento tem que ser no quadril”, contou Paulo. A prova que os alunos disputarão terá 500 metros de percurso e, além de superar seus limites, terão à frente atletas de elite, como Fernando Rufino, que já está classificado para as Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

De acordo com o presidente da Federação Tocantinense de Canoagem, Ton Fernandes, o evento reunirá vários atletas de nível olímpico do Brasil e também de Cuba. “Este é um marco para a canoagem. É o primeiro desafio da Região Norte e coloca Araguaína no mapa da canoagem”, afirmou.

Categorias
A prova de 500 metros, que terá premiação em dinheiro e troféus, será dividida nas seguintes categorias: Canoa Masculino (C1), Caiaque Masculino (K1), Paracanoagem Masculino (K1), Canoa Feminino (C1) e Caiaque Feminino (K1).

Em todas as provas e em todas as categorias, os atletas terão um tempo máximo para finalizar a prova. A prova de 5 mil metros terá troféus para os cinco primeiros colocados. No total, a premiação do desafio será de R$ 22,5 mil.

Embarcações
As embarcações devem atender à normatização de peso e medidas, sendo a canoa com tamanho máximo de 5,20 m e peso máximo de 14 quilos; o caiaque com tamanho máximo de 5,20 m e peso máximo de 12 quilos.

Organização das competições
As equipes de competição serão formadas pelos seguintes membros: diretor de competição, chefe de arbitragem, secretário da competição, chefe de logística, árbitro de largada, alinhador, árbitro de percurso, árbitro de chegada, cronometrista, árbitro de pesagem, controladores de embarque, chefe salva-vidas, salva-vidas, chefe de manutenção, comitê de competição, locutor/anunciador e classificadores funcionais.

Nesta sexta-feira, pela manhã, alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que disputarão na categoria Paracanoagem Masculino (K1), fizeram o treino livre

Programação
Dia 29 (sexta-feira)
8 às 18h – Treinos livres.

Dia 30 (sábado)
8h – Pesagem de barcos, treinamento e aquecimento;
9h – Confirmação de inscrições e entrega de numerais;
10h – Treino oficial;
14h – Abertura e Prova da Maratona 5 mil metros;
15h – Prova de 500 metros Paracanoagem (etapa classificatória e semifinal);
16h – Prova de 500 metros Feminina (etapa classificatória e semifinal);
17h – Prova de 500 metros Masculina (etapa classificatória e semifinal).

Dia 1º (domingo)
8h – Prova de 500 metros Paraconagem (final);
8h – Prova de 500 metros Feminina (final);
10h – Prova de 500 metros Masculina (final);
11h – Premiação e encerramento.

Fonte: Marcelo Martins /Fotos: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons