Pessoas trans, entidades e ativistas reunidos pela superação do preconceito, discriminação e violência contra transexuais e travestis

Pela igualdade, pelo respeito e pela visibilidade, pessoas trans, entidades e ativistas se reuniram nesta quarta-feira, 29, para celebrar Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis com atividades lúdicas e atos políticos em busca de superar o preconceito, a discriminação e a violência. O evento contou com a participação de servidores da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju).

A gerente de Diversidade e Inclusão Social da Seciju, Nayara Brandão, participou do evento e ressaltou a necessidade de promover ações como a realizada. “É de suma importância esse evento no dia Nacional da Visibilidade Trans, isso ajuda que essas pessoas sejam vistas por toda a população, que por falta de informação os discriminam. Temos que incentivar cada vez mais esses eventos para que essa comunidade seja respeitada e tenha seus direitos resguardados”, enfatizou.

A estudante Violeta Lopes, de 22 anos, falou sobre o que significa o Dia da Visibilidade Trans. “Esse dia é importante para mostrar que nós existimos, que vivemos nessa sociedade, que sofremos transfobia todos os dias e que passamos por repressão pela nossa família. Esse é um dia para mostrar que a gente existe, que merecemos respeito e um lugar na sociedade. Esse é um dia que para celebrar nossa vivência, nossa sobrevivência e nossa resistência”, exclamou.

A presidente da Associação das Travestis e Transexuais do Tocantins (Atrato), Byanca Marchiori, falou sobre os principais desafios enfrentados. “O maior desafio é com certeza a aceitação da sociedade, o reconhecimento do uso do nome social que é como queremos ser chamadas e espaços no mercado de trabalho”, elencou.

Pessoas trans

Pessoas trans são pessoas que não se identificam com o gênero que lhes foi designado ao nascer e que, ao longo da vida, buscam adequar seu corpo e outros aspectos da vida ao gênero com o qual se reconhecem.

Atividades lúdicas e atos políticos pela igualdade marcaram o Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e TravestisShara Rezende/Governo do TocantinsServidores da Seciju participaram as atividades do Dia da Visibilidade Trans

Dia Nacional da Visibilidade Trans

O Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis é comemorado no dia 29 de janeiro, a data foi criada em 2004, na ocasião do lançamento de uma campanha nacional elaborada por lideranças do movimento de pessoas trans, em parceria com o Programa Nacional de DST/Aids do Ministério da Saúde. O evento de lançamento da campanha Travesti e respeito: já está na hora dos dois serem vistos juntos. Em casa. Na boate. Na escola. No trabalho. Na vida, levou 27 pessoas trans aos salões do Congresso Nacional, em Brasília, conferindo à data um sentido político de luta pela igualdade, respeito e visibilidade de pessoas trans.

Mais ações

No sábado, 1° de fevereiro, servidores da Gerência Diversidade e Inclusão Social da Seciju, com apoio da Atrato, farão visitas a casas noturnas da Capital, com finalidade de sensibilizar a sociedade sobre a necessidade de eliminar o preconceito contra as pessoas trans.

Fonte- Shara Rezende/Governo do Tocantins

Posts recentes

Categorias

Blog;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons