Combate à dengue é levado pela Prefeitura às empresas de Araguaína

Teatro de fantoches, palestra e distribuição de panfletos fazem parte das ações de educação realizadas pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) sobre o mosquito Aedes Aegypti

Nesta terça-feira, 4, funcionários e pacientes do Hospital Municipal de Araguaína (HMA) receberam o serviço de conscientização

As orientações de combate ao Aedes Aegypti estão sendo levadas às empresas de Araguaína que solicitarem ações de educação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Nesta terça-feira, 4, funcionários e pacientes do Hospital Municipal de Araguaína receberam palestra com distribuição de panfletos e um teatro com fantoches. Essa foi a segunda apresentação do grupo e mais duas estão programadas para este mês.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue, do CCZ, Mariana Parente, a ação leva orientações que qualquer pessoa pode desempenhar. “Nós disponibilizamos um checklist com itens que as pessoas precisam observar, como a limpeza das calhas e caixas d’água. São locais de foco que podem ser limpos em poucos minutos, ao menos, uma vez por semana”, afirmou.

A ação foi solicitada pela coordenadora do Núcleo de Educação Permanente em Saúde do Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), Síntia Barros. “Aqui no HMA nós temos a vigilância dedicada ao local, mas é importante também dedicar a orientação às pessoas. Com ações simples, que se todo mundo fizer em suas casas, acabaremos com os focos do mosquito”, destacou.

Também administrada pelo ISAC, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), receberá o serviço de orientação do CCZ na quinta-feira, 6, às 8h30. Na segunda-feira, 10, às 8 horas, será a vez da Engenharia Estrutural e Consultoria (Enecol). O empresário pode solicitar a visita do CZZ pelos telefones 0800 646 7020, 3415-5307 ou 3411-7040.

Dados

Em relação ao ano passado, o mês de janeiro registrou uma queda de 47% no número casos de Dengue. Em 2019, foram 97 casos notificados, sendo 60 confirmados, enquanto neste ano foram 82 notificações, com 32 confirmações até o momento. Ainda não houveram casos confirmados de Chikungunya e Zika em 2020.

“Nós disponibilizamos um checklist com itens que as pessoas precisam observar, como a limpeza das calhas e caixas d’água”, contou a coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue, do CCZ, Mariana Parente

Além de palestra com distribuição de panfletos, houve um teatro com fantoches para crianças em atendimento médico

Fonte: Texto e Foto: Marcelo Martin/Ascom

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Inscreva-se” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Blog:

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons