Tocantins alinha estratégias para controle do novo coronavírus

Representando o Tocantins, o secretário de Estado da Saúde (SES), Edgar Tollini, participou nesta quinta-feira, 6, em Brasília (DF), de reunião com todos os estados da federação e o Ministério da Saúde para alinhar estratégias e discutir detalhes dos planos de contingência dos estados, que contemplam medidas de prevenção, vigilância e assistência para eventuais casos do novo coronavírus no Brasil. A reunião foi conduzida pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e contou ainda com secretários de Saúde das capitais de todo o país.

Na reunião com secretários de saúde dos estados e capitais de todo o país para tratar sobre a situação do novo coronavírus da China, o ministro da Saúde enfatizou a união de todos neste momento. “Nós precisamos falar a mesma língua e estamos entrando com ações de alto impacto na área de vigilância. Trabalhando com vários cenários, porque cada estado tem uma peculiaridade”, falou Luiz Henrique Mandetta.

Antes desta agenda, em reunião com o Secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, e todos os secretários estaduais de Saúde, Edgar Tollini apresentou o plano de contingência e ações tomadas no Tocantins, relatando o caso suspeito que ocorreu no município de Porto Nacional. “O Estado foi elogiado pela condução do caso suspeito, agimos sem trazer alarde para a população e de forma oportuna. Soubemos trabalhar em um momento que qualquer informação ou notícia equivocada poderia causar grandes transtornos para nossa população”, frisou o secretário.

Hospitais

Nesta quinta-feira, a SES, por meio da Superintendência de Unidades Hospitalares Próprias, também reuniu todos os diretores-gerais e diretores técnicos dos hospitais estaduais para apresentação e discussão do Plano de Contingência do novo Coronavírus, desenvolvido pela equipe técnica da pasta, que visa o possível manejo de pacientes infectados por Coronavírus, no Tocantins. Assim, os diretores se atualizaram quanto às informações pertinentes, bem como receberam orientações sobre perfil, encaminhamento e manejo de pacientes.

Dados

O Ministério da Saúde atualizou, nesta quinta-feira, 6, as informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde sobre a situação dos casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil. Agora, nove casos se enquadram na atual definição de caso suspeito para nCoV-2019. Os casos suspeitos estão sendo monitorados nos seguintes estados: Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), São Paulo (3), Santa Catarina (1) e Rio Grande do Sul (3).

Os casos suspeitos do Tocantins já foram descartados, o paciente oriundo da Alemanha e sua filha, que estavam internados no Hospital Regional de Porto Nacional (HRNP), já receberam alta hospitalar, na terça-feira, 4, por melhoria clínica e serão acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Nacional, para continuidade de tratamento do vírus da Influenza A-H1N1.

Fonte: Laiany Alves/Secom/TO.

Legenda;:

Edgar Tollini representou o TO em reunião com o Ministro da Saúde para definições de ações contra o novo vírusSaúde/Governo do Tocantins

Em Palmas, os diretores dos hospitais estaduais foram convocados para apresentação e discussão do Plano de Contingência contra o novo vírus

Tocantins discute e alinha estratégias para vigilância, prevenção e assistência para possíveis casos do coronavírus

Reunião com o secretário de Vigilância do MS

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Inscreva-se” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Blog:

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons