UTI Neonatal do Hospital Dom Orione completa 21 anos

Por Rodrigo Martins/N1 

Um ambiente acolhedor, calmo, seguro e bem equipado. Assim é a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) do Hospital Dom Orione. O setor, na última quarta-feira, 19, completa 21 anos, é responsável pela recuperação de recém-nascidos de alto risco. Com infraestrutura moderna e equipe multiprofissional especializada, a unidade proporciona um tratamento de alta qualidade para os bebês.

A UTI Neonatal do Hospital Dom Orione conta com 20 leitos, sendo 18 destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Por ano, são admitidos em média 800 bebês. Destes, cerca de 70% são internados em função da prematuridade. “O parto prematuro pode gerar complicações para o bebê”, esclarece o coordenador da unidade, pediatra e neonatologista, Moisés da Cunha Filho.

Bebês que apresentam algum tipo de problema ao nascerem, como dificuldades respiratórias, problemas cardíacos, dentre outros, também são atendidos pela unidade. Dr. Moisés explica que a UTI Neonatal é o ambiente ideal para a recuperação dos recém-nascidos. “O tratamento intensivo é fundamental para reverter o quadro clínico”, explicou.

Reconhecida pelo modelo de atendimento humanizado, a UTI Neonatal permite e incentiva o acesso dos pais no setor, para terem contato direto com seu filho. Os pais recebem ainda assistência psicológica durante o período de internação do bebê.

Cerca de 95% dos atendimentos da UTI Neonatal do Hospital Dom Orione são para usuários do SUS.

Postes Recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons