Conectando Mulheres de Negócios reúne histórias de sucesso de mulheres empreendedoras

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Diretoria da Mulher Empreendedora da Associação Comercial e Industrial de Araguaína promoveu um espaço para histórias inspiradoras contadas por quem comanda empresas em Araguaína. Conectando Mulheres de Negócios reuniu cerca de 60 mulheres, no auditório da ACIARA.

Foram convidadas: a diretora geral da Faculdade de Ciências do Tocantins, Ângela Maria da Silva; a proprietária do Restaurante e Pizzaria La Fontana, Flaviana Cristina Dias Neiva; e as irmãs e médicas, Milene Carneiro Barbosa de Brito e Mayra Carneiro Barbosa de Brito, gestoras da Clínica da Imagem do Tocantins. 

A empresária Antônia Lopes, que faz parte da Diretoria da Mulher Empreendedora da ACIARA, abriu o evento destacando a importância desse espaço para promover conhecimento sobre gestão de sucesso. “São experiências enriquecedoras que vão inspirar vocês que lutam todos os dias para construir seus sonhos”. Estavam presentes também as diretoras da ACIARA, Denize Cardoso e Edvanda Barros.

A empresária Flaviana Neiva abriu a rodada de palestras. Formada em Ciências Contábeis e atuando como bancária, Flaviana contou um pouco da história de sua infância, da família humilde e do aprendizado com sua mãe sobre os valores de honestidade e generosidade. Há 16 anos, ela é proprietária da tradicional Pizzaria e Restaurante La Fontana, lugar onde foi a primeira garçonete contratada. Procurando sempre estar atualizada, já participou de cursos de Excelência em Atendimento; Liderança e Protagonismo; Comunicação Empresarial; Diversidade; Ética; Etiqueta empresarial; Excelência em serviços; Gestão de conflitos e Gestão do tempo. Anualmente leva dois integrantes da equipe para realizar treinamentos em São Paulo. “A vida é tão curta e a gente precisa o tempo todo ficar se conectando. Uma das coisas mais importante na vida da gente é você ser feliz com a felicidade dos outros. Coisas boas atraem coisas boas”, concluiu.

A segunda palestrante foi idealizadora e executora do projeto que deu origem à Faculdade de Ciências do Tocantins. A odontóloga, Ângela Maria Silva, é diretora-geral da Facit e possui mestrado em Odontologia pelo Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic e cursou residência na The University of Conectcut Scholl of Debtal Medicine Division of Orthodontic, Estados Unidos.  Ângela começou falando da sua infância e da experiência de trabalhar na infância, mas que aprendeu cedo, o valor do dinheiro. Ela contou também como a figura materna foi importante na sua formação. “Minha mãe falou: olha se vocês quiserem sair da roça ou da casa regente, que é a casa que até hoje meu pai toca a loja, vocês só vão sair se estudarem. A gente foi criado por essa mulher forte e determinada”. Para Ângela, o sucesso dos negócios está na formação. “Eu posso dizer pra vocês que nada é fácil. Agora pra ter sucesso tem que ter persistência e formação. Não adianta você pensar que vai avançar se você não está preparada para esse mercado”. A empresária lembrou das dificuldades que enfrentou ao implantar a faculdade, quando o mercado desconfiou pelo simples fato de ser mulher, mas a resposta que ela deu foi o trabalho e hoje, a Facit é um exemplo de gestão de sucesso.

As duas últimas palestrantes são irmãs. As médicas Milene Carneiro Barbosa de Brito e Mayra Carneiro Barbosa de Brito, são gestoras da Clínica da Imagem do Tocantins. Milene concluiu a residência médica e o mestrado no Departamento de Diagnóstico por Imagem da Universidade Federal de São Paulo. Fez especialização em Radiologia Torácica no Instituto de Radiologia da Faculdade de Medicina da USP. Mayra tem a principal atuação em Radiologia Abdominal e concluiu o programa de Aperfeiçoamento em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, reconhecido pelo Colégio Brasileiro de Radiologia, no Centro Radiológico de Campinas. Elas também falaram da infância que se mistura à clínica que pertencia aos pais. “Não tem como falar da nossa vida de empreendedora sem falar da empresa. As nossas lembranças são a gente brincando debaixo da mesa dos nossos pais. Tá enraizado o amor por aquele negócio. E por isso, que a gente quer estar dentro dessa estatística de apenas 5% das empresas familiares que consigam sobreviver da transição para a terceira geração”, contou Milene. Ambas falaram que para gerenciar um negócio de sucesso é preciso dedicação, trabalhar mais que qualquer um da empresa e buscar sempre se profissionalizar. Mayra destacou que a mulher não tem medo de enfrentar desafios, por isso, a empresa que elas administram tem mais funcionárias porque elas são dedicadas, comprometidas e gratas.

Para Antônia Lopes, o primeiro evento foi sucesso. “O auditório estava lotado. Talvez no próximo evento faremos num local maior. Tenho a certeza que muitas dessas mulheres saíram daqui mais motivadas para fazerem o diferencial nos locais onde trabalham e até quem sabe, a coragem de abrir seu próprio negócio”

Galeria de imagens

Fonte: Ascom/Aciara

Posts recentes

Categorias

Blog

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons